BIOGRAFIA

O paulistano José Antônio Barros Munhoz formou-se em 1967 pela Faculdade de Direito do Largo São Francisco, da Universidade de São Paulo, e atuou como advogado até 1975.

Foi prefeito de Itapira de 1977 a 1982, e novamente de 1997 a 2004. Foi deputado estadual por duas legislaturas consecutivas, de 1987 a 1994.

Em 2006, com 114.009 votos, ganhou seu terceiro mandato na Assembleia Legislativa, tendo presidido a instituição no biênio 2009-2011. Foi também secretário da Agricultura e Abastecimento e ministro da Agricultura.

De 2005 a 2006 exerceu o cargo de subprefeito de Santo Amaro, na cidade de São Paulo.

Foi reeleito deputado estadual para a 17ª legislatura, iniciada em 15 de março de 2011, com 183.859 votos. Foi presidente da Assembleia Legislativa em dois biênios consecutivos: 2009-2011 e 2011-2013

Trajetória

1976

1976

O Início
1º Mandato Prefeito de Itapira

Em 1976, com 32 anos, foi eleito o mais jovem prefeito da história de Itapira. Governou de 1977 a 1982. Em 1978, segundo ano de seu primeiro mandato, lançou a candidatura a DEPUTADO ESTADUAL de João Batista Breda, que se elegeu com votos em todo o Circuito das Águas e a Baixa Mogiana.

1985

1985

Chefe do escritório da Petrobrás

De 1985 a 1986, Munhoz foi chefe do escritório da Petrobrás no Estado de São Paulo, sob o comando dos presidentes Hélio Beltrão e Ozires Silva.

1986

1986

1º Mandato
Deputado Estadual

Em 1986, foi eleito deputado estadual com mais de 40 mil votos, sendo o mais votado pelo PTB em todo o estado e líder do partido na Assembleia Legislativa. Também presidiu a importante Comissão de Sistematização da Constituinte Paulista, função para a qual foi eleito por unanimidade em 1989.

1990

1990

2º Mandato
Deputado Estadual

Em 1990, foi reeleito com 46 mil votos. Defendeu o projeto de lei que criava critérios para a participação dos municípios na arrecadação do ICMS do Estado, favorecendo os pequenos municípios e também aqueles cuja base econômica é a agricultura. O projeto foi aprovado e convertido na Lei 8510 – que fi cou popularmente conhecida como “Lei Barros Munhoz”.

1991

1991

Secretário de
Agricultura e
Abastecimento

Em 1991, o então governador Fleury, o convidou para assumir a Secretaria Estadual da Agricultura e Abastecimento, função que desempenhou com maestria. É lembrado até hoje como um dos melhores Secretários que o Estado já teve. Presidiu por duas vezes o Fórum Nacional de Secretários da Agricultura.

1993

1993

Ministro da
Agricultura

Em 1993, foi nomeado pelo Presidente Itamar Franco, Ministro da Agricultura, Abastecimento e Reforma Agrária. Aumentou de 2,5 para 7,5 bilhões de reais o fi nanciamento da safra agrícola 93/94. Também criou o programa de Cestas Básicas juntamente com o sociólogo Betinho, o que incentivou nos anos seguintes a criação dos programas Bolsa Escola e Bolsa Família pelos Presidentes Fernando Henrique e Lula.

1994

1994

Eleições para
governador de
São Paulo

Ao deixar o Ministério, em 1994, Barros Munhoz se fortaleceu no seu partido, o PMDB, sendo escolhido candidato ao cargo de governador e obtendo, após uma memorável campanha, 1,5 milhão de votos. Mário Covas venceu as eleições daquele ano.

1996

1996

2º e 3º Mandato
prefeito de Itapira

Em 1996, Barros Munhoz se elegeu de novo prefeito de sua cidade. Foi reeleito em 2000, fi cando até 2004. Nessas gestões consolidou a industrialização do município. Criou mais de 3 mil empregos em mais de 35 empresas que trouxe para a cidade. Com a municipalização da educação, Itapira assumiu o comando de 9 escolas de ensino fundamental. Em 1999, conseguiu a implantação dos 3 primeiros cursos universitários para o município.

2005

2005

Subprefeito
de Santo Amaro

No início de 2005 assumiu, a convite do então prefeito de São Paulo, José Serra, a subprefeitura de Santo Amaro. Em apenas um ano foi o responsável pela realização de mais de 80 obras.

2006

2006

3º Mandato
Deputado Estadual

Em 2006, Munhoz foi eleito deputado estadual pela terceira vez, com 114.009 votos e foi designado líder do Governo na Assembleia Legislativa. Em março de 2009, foi eleito Presidente da Assembleia com os votos de 92 dos 94 deputados da Casa.

2009

2009

2 vezes
governador
interino

Em duas oportunidades assumiu interinamente o cargo de maior importância do Estado. Na primeira vez, em novembro de 2009, e posteriormente, em novembro de 2010.

2010

2010

4º Mandato
Deputado Estadual

Foi eleito deputado estadual pela quarta vez em 2010, dessa feita com 183.859 votos. Novamente, foi indicado por seus pares à presidência da Casa, obtendo de novo o apoio de 92 dos 94 deputados.

2015

2015

5º Mandato
Deputado Estadual

Desde que deixou a liderança do governo, em março de 2015, Munhoz exerceu de maneira plena seu quinto mandato como deputado estadual. Municipalista convicto, nunca deixou de batalhar e viabilizar centenas de conquistas para inúmeras cidades paulistas nas quais é votado.

2018

2018

6º Mandato
Deputado Estadual

Barros Munhoz segue partilhando seus mandatos com os prefeitos, vereadores, dirigentes de entidades sociais, clubes de serviço e com a população de cada cidade.

Realizações

Conheça a atuação do deputado em diversas áreas.

/web/sites/default/files/2022-05/agro_0.svg

Agricultura

Melhoria no setor Agro

Como Secretário de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo conseguiu aumentar os recursos destinados à Agricultura. Valorizou profissionalmente e os salários de todos os servidores da Pasta, inclusive com a regulamentação das carreiras de assistentes Agropecuários e de Pesquisador Científico. Instituiu também o piso salarial para Engenheiros Agrônomos, Médicos Veterinários e Zootecnistas.

Além disso, teve forte atuação na criação de programas de fortalecimento da Pecuária e da Agricultura, desenvolveu projetos voltados a bacias hidrográficas e construiu centenas de Casas da Agricultura, Centrais de Abastecimento, Matadouros e valorizou todos os Institutos de Pesquisa da Secretaria, principalmente o Agronômico de Campinas, o Biológico e o de Zootecnia. Munhoz foi eleito duas vezes Coordenador do Fórum Nacional dos Secretários da Agricultura e Reforma Agrária.

Como reflexo direto do seu grandioso trabalho à frente da Secretaria, Munhoz foi nomeado pelo então presidente Itamar Franco Ministro da Agricultura, Abastecimento e Reforma Agrária do Brasil. O Presidente o convidou duas vezes para ocupar esse cargo. Na primeira vez, Munhoz recusou. Na segunda, aceitou a “convocação”. Elevou de 2,5 para 7,5 bilhões de dólares o financiamento para custeio e investimento da safra 93/94, que foi a maior do país até então, passando de 60 para 80 milhões de toneladas de grãos.

Criou o Plano de Crédito baseado na equivalência em produto: o mais justo sistema de crédito rural. Outro ponto importante de sua passagem pelo Ministério diz respeito à recuperação total da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), denegrida por conta de escândalos e desperdício de alimentos nos armazéns do governo. Munhoz deixou o cargo após desentendimentos entre Itamar Franco e Fleury. Na despedida, o presidente disse: ‘o senhor chegou aqui e em dois meses se tornou o segundo ministro da República. Obrigado, em nome dos brasileiros’, recorda o deputado.

/web/sites/default/files/2022-05/municipalismo_3.svg

Municipalismo

Criação da Lei "Barros Munhoz"

Munhoz atua constante e fortemente em prol aos benefícios os quais ele representa. Lutou pela justiça salarial em prol dos funcionários públicos dos Três Poderes e defendeu veementemente seu projeto de Lei que vislumbrava o fortalecimento da receita da maioria dos municípios paulistas, através da criação de critérios de participação no ICMS. Uma de suas importantes conquistas, como deputado estadual, foi conseguir converter o projeto na Lei 8.510, que ficou conhecida como ‘Lei Barros Munhoz’.

/web/sites/default/files/2022-05/emprego_1.svg

Emprego

Priorização na geração de empregos

Barros Munhoz sempre priorizou a geração de emprego e renda durante todas as suas administrações. No seu primeiro mandato como prefeito de Itapira, em 1979, ele conseguiu a instalação da primeira indústria, a Sinatex, hoje Minasa. Nas outras administrações, foram criados SEIS distritos industriais, com toda a infraestrutura necessária: Parque Progresso, Juvenal Leite, Carlos Ionezawa, Pacífico Paschoalin (Macumbê), Hermelindo Ruette de Oliveira e Zezefredo Fecci.

Além de criar empregos, a industrialização promovida por Munhoz fez crescer extraordinariamente a receita do Município. Ele aumentou o ICMS de Itapira de R$ de 91 milhões de 1997 a 2004 (segundo e terceiro mandatos), para R$ 252 milhões de 2005 a 2012. No total foram mais de R$ 161 milhões ou seja 177% a mais.

/web/sites/default/files/2022-05/sau%CC%81de_1.svg

Saúde

Melhora na saúde na segunda e terceira administração como prefeito

No seu primeiro mandato como prefeito de Itapira, Barros Munhoz revolucionou o setor da Saúde com a criação dos Postos de Pronto Atendimento), os chamados PPA´s. Naquela época já idealizava a construção de um Hospital Municipal. O trabalho começou durante seu 1º mandato como deputado estadual e se concretizou em 30 de setembro de 1990 quando foi entrega a população o Hospital Municipal que custou, em valores de hoje, perto de R$ 80 milhões de reais. O deputado trouxe mais de 90% do custo em dinheiro conseguido junto ao Estado. Além disso, toda a população de ITAPIRA colaborou para a construção do empreendimento.

A Saúde de Itapira melhorou ainda mais na segunda e terceira administrações como prefeito, fez investimentos que promoveram a humanização dos serviços no atendimento, colocando efetivamente em prática o princípio da Saúde Pública universal e gratuita. Ampliou o terceiro andar do Hospital, fez a instalação da UTI, uma das únicas da região e uma das mais modernas do Estado, naquela época. Implantou a maternidade e criou o Banco de Leite Humano. Construiu mais PPA´s e o Centro de Atendimento Integral à Saúde – CAIS, na Vila Penha do Rio do Peixe.

/web/sites/default/files/2022-05/educac%CC%A7a%CC%83o_0.svg

Educação

Criação do ensino fundamental em Itapira

Durante o seu segundo mandato como prefeito de Itapira, Barros Munhoz foi o responsável pela criação do Ensino Fundamental Municipal, sendo que NOVE escolas estaduais de primeira a quarta série foram municipalizadas. Foram construídas diversas creches e escolas de Educação Infantil. Foi na sua gestão que Itapira passou a ter ENSINO SUPERIOR, com a instalação de cinco faculdades. O Instituto de Ensino Superior de Itapira (IESI) foi criado na administração de Barros Munhoz que ao longo dos anos se tornou o Centro Universitário de Itapira, o UNIESI, com 18 cursos atualmente.

/web/sites/default/files/2022-05/social.svg

Social

Investimento no lazer

Desde o seu primeiro mandato como prefeito, Munhoz investiu em diversos equipamentos de lazer como quadras, praças e canchas de bochas, para levar a todos os itapirenses a oportunidade de desfrutar do descanso merecido em um lugar aprazível, bem conservado e com estrutura adequada. E mais, sempre valorizou as tradicionais festas religiosas e culturais e mais, valorizou a Festa do Peão, criando a Feacita e ampliando as atrações de um dos maiores eventos da cidade. Criou o Centro Esportivo e de Lazer “Betinho” e a plataforma de vôo livre, nos Forões, é um dos mais belos pontos turísticos e esportivos de Itapira e do Brasil.

Notícias

Fique por dentro das notícias e novidades de nosso mandato.

Fale com a gente

Faça seu cadastro e acompanhe nosso trabalho.

Política de Privacidade.

Este documento, e todo o conteúdo do site é oferecido pela Assessoria de Barros Munhoz, Deputado Estadual, neste termo representado apenas por “EMPRESA”, que regulamenta todos os direitos e obrigações com todos que acessam o site, denominado neste termo como “VISITANTE”, reguardado todos os direitos previstos na legislação, trazem as cláusulas abaixo como requisito para acesso e visita do mesmo, situado no endereço barrosmunhoz.com.br.

A permanência no website implica-se automaticamente na leitura e aceitação tácita do presente termos de uso a seguir. Este termo foi atualizado pela última vez em 14 de setembro de 2021.

1. DA FUNÇÃO DO SITE

Este site foi criado e desenvolvido com a função de trazer conteúdo informativo de alta qualidade, a venda de produtos físicos, digitais e a divulgação de prestação de serviço. A EMPRESA busca através da criação de conteúdo de alta qualidade, desenvolvido por profissionais da área, trazer o conhecimento ao alcance de todos, assim como a divulgação dos próprios serviços.

Nesta plataforma, poderá ser realizado tanto a divulgação de material original de alta qualidade, assim como a divulgação de produtos de e-commerce.

Todo o conteúdo presente neste site foi desenvolvido buscando fontes e materiais de confiabilidade, assim como são baseados em estudos sérios e respeitados, através de pesquisa de alta nível.

Todo o conteúdo é atualizado periodicamente, porém, pode conter em algum artigo, vídeo ou imagem, alguma informação que não reflita a verdade atual, não podendo a EMPRESA ser responsabilizada de nenhuma forma ou meio por qualquer conteúdo que não esteja devidamente atualizado.

É de responsabilidade do usuário de usar todas as informações presentes no site com senso crítico, utilizando apenas como fonte de informação, e sempre buscando especialistas da área para a solução concreta do seu conflito.

2. DO ACEITE DOS TERMOS

Este documento, chamado “Termos de Uso”, aplicáveis a todos os visitantes do site, foi desenvolvido por Diego Castro Advogado – OAB/PI 15.613, modificado com permissão para este site.

Este termo especifica e exige que todo usuário ao acessar o site da EMPRESA, leia e compreenda todas as cláusulas do mesmo, visto que ele estabelece entre a EMPRESA e o VISITANTE direitos e obrigações entre ambas as partes, aceitos expressamente pelo VISITANTE a permanecer navegando no site da EMPRESA.

Ao continuar acessando o site, o VISITANTE expressa que aceita e entende todas as cláusulas, assim como concorda integralmente com cada uma delas, sendo este aceite imprescindível para a permanência na mesma. Caso o VISITANTE discorde de alguma cláusula ou termo deste contrato, o mesmo deve imediatamente interromper sua navegação de todas as formas e meios.

Este termo pode e irá ser atualizado periodicamente pela EMPRESA, que se resguarda no direito de alteração, sem qualquer tipo de aviso prévio e comunicação. É importante que o VISITANTE confira sempre se houve movimentação e qual foi a última atualização do mesmo no começo da página.

3. DO GLOSSÁRIO

Este termo pode conter algumas palavras específicas que podem não se de conhecimento geral. Entre elas:

  • VISITANTE: Todo e qualquer usuário do site, de qualquer forma e meio, que acesse através de computador, notebook, tablet, celular ou quaisquer outros meios, o website ou plataforma da empresa.
  • NAVEGAÇÃO: O ato de visitar páginas e conteúdo do website ou plataforma da empresa.
  • COOKIES: Pequenos arquivos de textos gerados automaticamente pelo site e transmitido para o navegador do visitante, que servem para melhorar a usabilidade do visitante.
  • LOGIN: Dados de acesso do visitante ao realizar o cadastro junto a EMPRESA, dividido entre usuário e senha, que dá acesso a funções restritas do site.
  • HIPERLINKS: São links clicáveis que podem aparecer pelo site ou no conteúdo, que levam para outra página da EMPRESA ou site externo.
  • OFFLINE: Quando o site ou plataforma se encontra indisponível, não podendo ser acessado externamente por nenhum usuário.

Em caso de dúvidas sobre qualquer palavra utilizada neste termo, o VISITANTE deverá entrar em contato com a EMPRESA através dos canais de comunicação encontradas no site.

4. DO ACESSO AO SITE

O Site e plataforma funcionam normalmente 24 (vinte e quatro) horas por dia, porém podem ocorrer pequenas interrupções de forma temporária para ajustes, manutenção, mudança de servidores, falhas técnicas ou por ordem de força maior, que podem deixar o site indisponível por tempo limitado.

A EMPRESA não se responsabiliza por nenhuma perda de oportunidade ou prejuízos que esta indisponibilidade temporária possa gerar aos usuários.

Em caso de manutenção que exigirem um tempo maior, a EMPRESA irá informar previamente aos clientes da necessidade e do tempo previsto em que o site ou plataforma ficará offline.

O acesso ao site só é permitido a maiores de 18 anos de idade ou que possuírem capacidade civil plena. Para acesso de menores de idade, é necessária a expressa autorização dos pais ou tutores, ficando o mesmo responsáveis sobre qualquer compra ou acesso efetuados pelo mesmo.

Caso seja necessário realizar um cadastro junto a plataforma, onde o VISITANTE deverá preencher um formulário com seus dados e informações, para ter acesso a alguma parte restrita, ou realizar alguma compra.

Todos os dados estão protegidos conforme a Lei Geral de Proteção de Dados, e ao realizar o cadastro junto ao site, o VISITANTE concorda integralmente com a coleta de dados conforme a Lei e com a Política de Privacidade da EMPRESA.

5. DA LICENÇA DE USO E CÓPIA

O visitante poderá acessar todo o conteúdo do website, como artigos, vídeos, imagens, produtos e serviços, não significando nenhum tipo de cessão de direito ou permissão de uso, ou de cópia dos mesmo.

Todos os direitos são preservados, conforme a legislação brasileira, principalmente na Lei de Direitos Autorais (regulamentada na Lei nº 9.610/18), assim como no Código Civil brasileiro (regulamentada na Lei nº 10.406/02), ou quaisquer outras legislações aplicáveis.

Todo o conteúdo do site é protegido por direitos autorais, e seu uso, cópia, transmissão, venda, cessão ou revenda, deve seguir a lei brasileira, tendo a EMPRESA todos os seus direitos reservados, e não permitindo a cópia ou utilização de nenhuma forma e meio, sem autorização expressa e por escrita da mesma.

A EMPRESA poderá em casos concretos permitir pontualmente exceções a este direito, que serão claramente destacados no mesmo, com a forma e permissão de uso do conteúdo protegido. Este direito é revogável e limitado as especificações de cada caso.

6. DAS OBRIGAÇÕES

O VISITANTE ao utilizar o website da EMPRESA, concorda integralmente em:

  • De nenhuma forma ou meio realizar qualquer tipo de ação que tente invadir, hacker, destruir ou prejudicar a estrutura do site, plataforma da EMPRESA ou de seus parceiros comerciais. Incluindo-se, mas não se limitando, ao envio de vírus de computador, de ataques de DDOS, de acesso indevido por falhas da mesma ou quaisquer outras forma e meio.
  • De não realizar divulgação indevida nos comentários do site de conteúdo de SPAM, empresas concorrentes, vírus, conteúdo que não possua direitos autorais ou quaisquer outros que não seja pertinente a discussão daquele texto, vídeo ou imagem.
  • Da proibição em reproduzir qualquer conteúdo do site ou plataforma sem autorização expressa, podendo responder civil e criminalmente pelo mesmo.
  • Com a Política de Privacidade do site, assim como tratamos os dados referentes ao cadastro e visita no site, podendo a qualquer momento e forma, requerer a exclusão dos mesmos, através do formulário de contato.

7. DA MONETIZAÇÃO E PUBLICIDADE

A EMPRESA pode alugar ou vender espaços publicitários na plataforma, ou no site, diretamente aos anunciantes, ou através de empresas especializadas com o Adsense (Google), Taboola ou outras plataformas especializadas.

Essas publicidades não significam nenhuma forma de endosso ou responsabilidade pelos mesmos, ficando o VISITANTE responsável pelas compras, visitas, acessos ou quaisquer ações referentes as estas empresas.

Todas as propagandas no site ou plataforma serão claramente destacadas como publicidade, como forma de disclaimer da EMPRESA e de conhecimento do VISITANTE.

Em casos de compra de produtos ou serviços, será possível a devolução em até 07 (sete) dias, conforme o Código de Defesa do Consumidor.

Estes anúncios podem ser selecionados pela empresa de publicidade automaticamente, conforme as visitas recentes do VISITANTE, assim como baseado no seu histórico de busca, conforme as políticas de acesso da plataforma.

8. DOS TERMOS GERAIS

O Site irá apresentar hiperlinks durante toda a sua navegação, que podem levar diretamente para outra página da EMPRESA ou para sites externos.

Apesar da EMPRESA apenas criar links para sites externos de extrema confiança, caso o usuário acesse um site externo, a EMPRESA não tem nenhuma responsabilidade pelo meio, sendo uma mera indicação de complementação de conteúdo, ficando o mesmo responsável pelo acesso, assim como sobre quaisquer ações que venham a realizar neste site.

Em caso que ocorra eventuais conflitos judiciais entre o VISITANTE e a EMPRESA, o foro elegido para a devida ação será o da comarca da Empresa, mesmo que haja outro mais privilegiado.

Este Termo de uso é valido a partir de 14 de setembro de 2021.