O governador Geraldo Alckmin assinou no dia 29 de janeiro um convênio com o Ministério das Cidades para a construção de 2.485 moradias em 34 municípios. Entre eles estão Santo Antônio do Aracanguá, com 65 unidades habitacionais e Santo Antônio do Jardim, com 98.

O deputado Barros Munhoz, que batalhou junto ao governo do Estado pelas autorizações das obras, esteve presente no evento, ao lado dos prefeitos, vice-prefeitos, vereadores e ex-prefeitos das duas cidades. O Ministro das Cidades, Alexandre Baldy e o Secretário Estadual da Habitação, Rodrigo Garcia, também participaram da solenidade.

“Não há nada mais importante do que proporcionar a essas famílias o acesso a segurança do teto e com valor menor do que o aluguel de R$ 80 a R$ 240 de prestação para ser dono da casa. Casas da melhor qualidade”, disse Alckmin durante a assinatura no Palácio dos Bandeirantes.

Os empreendimentos serão resultado de parceria entre municípios, que doaram terrenos e indicarão as demandas a serem atendidas; Estado, que fará aporte de R$ 89,7 milhões por meio da Agência Casa Paulista; e União, que destinará os recursos do Minha Casa, Minha Vida, dentro das regras do FAR e conforme o porte de cada município.

"É uma alegria imensa poder ajudar na realização do sonho de tanta gente. Santo Antônio do Aracanguá e Santo Antônio do Jardim podem sempre contar comigo para batalhar por mais e mais conquistas como essas", disse Munhoz ao término do evento.